Dupla é presa acusada de extorquir e sequestrar família de comerciante em Lagoa Nova

30-11-2010 20:15

Depois de prender dois irmãos, Fagner Oliveira da Cruz, 29 anos, o "Pé de Pano", e Flávio Oliveira da Cruz, 24, na última sexta-feira, a equipe da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (Defur) está atrás de outros três integrantes de uma quadrilha acusada de sequestrar um comerciante, no último dia 13. Um dos acusados, Flávio, era funcionário da vítima. Com a prisão, a polícia conseguiu recuperar as joias roubadas, mas não a quantia de R$ 40 mil tomada do comerciante.

O delegado Atanázio Gomes, adjunto da Defur, explica que, na tarde do dia 13 deste mês, Flávio Oliveira, que trabalhava numa empresa da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa/RN), chamou o patrão para acertar umas contas. Quando o comerciante, cuja identidade foi preservada, chegou ao estabelecimento, três homens armados o renderam. O trio roubou uma quantia em dinheiro e, em seguida o forçaram a pegar seu carro, um GM Astra Azul Marinho, e ir para seu apartamento, no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul de Natal.

Atanázio Gomes conta que, a caminho da casa da vítima, Fagner Oliveira se encontrou com os três comparsas e passou a comandar a ação. "Quando chegaram ao apartamento, eles renderam a esposa e a filha e as trancaram no banheiro.

Então roubaram várias joias e mais uma quantia em dinheiro". Ao total, foram roubados R$ 40 mil do comerciante. Não satisfeitos com o que foi roubado, os sequestradores levaram a vítima para uma localidade conhecida como "Campo do Touro", em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal. "Por lá, eles o ameaçaram de morte várias vezes, tentando extorquir mais. O sequestro somente terminou quando o comerciante, forçado, disse que passaria o seu carro para o nome de alguém da família do Pé de Pano. Então o liberaram".

Depois de solto, o comerciante prestou queixa à polícia, que passou a investigar o paradeiro dos sequestradores. "Após o crime, Flávio sumiu do mapa. Por isso desconfiamos que ele era o autor intelectual do sequestro". Na semana passada, a justiça expediu dois mandados de prisão temporária contra os irmãos. Na última sexta, Flávio Oliveira foi detido na casa de parentes no bairro da Redinha, Zona Norte de Natal. Já "Pé de Pano" foi preso na zona rural do município de Pedro Velho, a 78km da capital. Com esse último, foram recuperadas as jóias roubadas e foram apreendidos dois revólveres calibre 38. A dupla responderá por extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha.

"Pé de Pano" ainda foi atuado por porte ilegal de armas. "Trabalhamos para identificar os demais. Também vou pedir a prisão preventiva dos dois irmãos".

http://cid-1d002b0011e9dbc5.office.live.com/self.aspx/.Documents

Politica Brasil e no Mundo

 

America do Sul America